Atendimento Online
(61) 3578-5555 (61) 99953-0555
Prótese de mama

A cirurgia de implante de silicone é a cirurgia plástica mais realizada no Brasil. Elas aumentam o volume da mama. É indicada para mamas com volume pequeno, com leve queda, assimetrias e reconstruções após cirurgias oncológicas.

CONHEÇA MAIS DETALHES

Queridinha entre as mulheres que desejam aumentar o volume e a forma dos seios, a prótese de mama é uma cirurgia muito procurada em todos os consultórios de cirurgia plástica.

Com anestesia peridural ou geral, a cirurgia de prótese de mama dura em média duas horas. Durante o procedimento, o cirurgião faz uma incisão no sulco mamário ou na região da axila. Geralmente, a do sulco mamário é a opção mais utilizada, considerando o acesso a região onde a prótese será colocada e escondida pelo sutiã.

Vale lembrar que a posição do implante depende muito da anatomia do paciente, mas em um contexto gera há duas formas: abaixo da glândula mamária (procedimento conhecido como subglandular/subfascial) ou abaixo do músculo peitoral (submuscular).

Além dos exames pré-operatórios da rotina, é comum que o cirurgião peça para a paciente exames de imagem que são complementares como ultrassom de mama ou mamografia.

ANTES E DEPOIS

Conversar com o médico e avaliar qual o melhor formato, material e tamanho da prótese de silicone é uma coisa muito importante para fazer antes da cirurgia.

É bom evitar medicamentos e estar em boas condições de saúde física e emocional para fazer a cirurgia e mesmo depois da prótese implantada os cuidados continuam.

No primeiro mês, por exemplo, é fundamental evitar esforços físicos nos braços. Ou seja: nada de academia ou outros exercícios físicos pesados.

Também é importante usar sutiã por 24h no primeiro mês e não é recomendado dormir de bruços, em cima da região operada. Se você for fumante, esqueça o cigarro após o primeiro mês da cirurgia. Contrariar essa indicação afeta a cicatrização da cirurgia e consequentemente os resultados.

Também não se deve tomar sol em um período de 2 a 3 meses após o procedimento. Mesmo depois deste tempo, a exposição poder ser realizada desde que as cicatrizes estejam cobertas com um esparadrapo branco.

Agende aqui
a sua consulta